English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

.: Um Gole De Ideias :. -> Dois anos no ar!

.: Alexandre Lopes :.
.: Fabrício Pacheco :.
.: Gleidson Quintella :.
.: Jonatan Bandeira :.
.: Lucas Ragazzi :.
Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 1 de abril de 2009

PRIMEIRO DE ABRIL - FERIADO POLÍTICO


Hoje é um dia tão especial para o Brasil. Sobretudo para o plenário, aonde os mais honestos políticos refletem sobre as novas ideias que serão implementadas para uma melhor organização social. É primeiro de abril. Claro, todos os projetos têm meta de no mínimo quatro anos para suas realizações – tempo suficiente para findar os seus mandatos e nada ser concretizado. Mas, já se passou o tempo em que isso ocorria, porque hoje em dia ninguém se dá ao luxo de fazer planejamentos: na política ter meta dá muito trabalho, além de ser démodé. Afora, os políticos querem se proteger do povo. Portanto, eles deixaram de elaborar as mentiras que iludem a população para não serem cobrados posteriormente (aproveitam-se do conformismo da imobilidade política como sua praxe laboral).

“Excepcionalmente” (ênfase nas aspas), ontem, no dia trinta e um de março, o plenário não teve funcionamento. Com o abril às portas, fora sancionada uma nova lei, uma suspensão do trabalho por prescrição jurídica, de maneira bem democrática:

“ Todos que concordam com a promulgação do feriado, que levantem o dedo! Agora, por favor, os que discordam façam o mesmo” – disse o presidente da câmara solitário em seu gabinete erguendo os seus dez dedos. Inacreditavelmente, a votação foi unânime, com dez votos à zero.

Após passada a informação do novo feriado para os parlamentares, um arroteador da honestidade se indignou com sua mais nova folga:

“Mais um feriado? Não é possível! mas... já que trata-se de uma lei... não serei eu a contestá-la” - disse o indignado conformado. E este fato ocorreu há dez anos atrás.

Assim, há um decênio, o dia primeiro de abril se confunde com o dia do trabalho para todos dissimulados políticos. Os tortuosos da benevolência social, tradicionalmente, de ano à ano realizam uma reunião (ou seria uma festa?) aonde simularão discussões para a melhoria de qualidade de vida da comunidade e sem visarem qualquer desvio de verba.

Sobre o pleito, nasce numerosas discussões outrora nunca realizadas: cidadania, ética, educação e saúde. Falaram até a respeito do aumento das forças da corregedoria, para que cortassem alguns de seus benefícios, como o 18° salário e o cheque bolsa-mansão.

No dia primeiro de abril do presente ano, um civil “mentiroso ao extremo” (mais uma vez as gêmeas que contradizem as palavras), invadiu eufórico o Anal da Mentira, relatando ler no jornal que, através de um desvio de verba um político construíra um castelo: o nome dele é Edmar Moreira, deputado (DEM-MG), eleito nesta semana para o cargo de segundo vice-presidente e corregedor da Câmara.

“Que absurdo, parece até conto de fadas! Construir um castelo com o dinheiro do nosso governo. Só falta aparecer um príncipe encantado à galope em um cavalo branco” - disse um dos patronos morais da câmara.

Todos os corpulentos políticos, obesos de tanto comerem o dinheiro do governo, choravam de tanto gargalhar do civil dissimulado-injustiçado que fora coercivamente reprimido. O dolarfágico-mor (comedor de dólares), que sentara na mais alta das cadeiras meneou a cabeça resmungando com a máxima:

“Primeiro de abril, significa acima de tudo, travestir-se de acontecimentos através da loquaz palavra. Já ouvi de tudo nessa vida: que nós desviamos grana para comprar carros, mansões, ilhas, etc... mas, tem gente que inventa cada coisa. Mas, quem diria... um castelo.”

3 comentários:

  1. Esse texto esta ridiculo, sem nexo e profusamente mal escrito. Que fonte voce usou para escrever esse escarnio lamacento dos politicos? Voce acha que falando desse jeito exerce sua cidadania?

    Primeiro de Abriiil!

    Ta otimo, Jonatan!

    ResponderExcluir
  2. Claro que é muito engraçado isso tudo que você escreveu! Gosto das suas frases longas! (apesar de nem sempre entendê-las!rs) Mais uma vez: parabens!

    Quanto a validade de meus elogios... você pode pensar: primeiro de Abril! ... rs... aí está a graça!

    Um abraço, meu amigo!

    ResponderExcluir
  3. Excelente texto, cara!
    Eu e você somos um tanto polêmicos, hein?
    Eu falando de religião e você sobre política!rs
    De agora em diante temos de tomar cuidado ao andarmos na rua! rs

    Parabéns, amigo!

    ResponderExcluir

Muito obrigado pelo seu comentário (dose)!

Related Posts with Thumbnails