English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

.: Um Gole De Ideias :. -> Dois anos no ar!

.: Alexandre Lopes :.
.: Fabrício Pacheco :.
.: Gleidson Quintella :.
.: Jonatan Bandeira :.
.: Lucas Ragazzi :.
Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Salve Jorge!



É com muita tranquilidade que escrevo hoje porque o feriado nos proporciona isso. Ainda mais essa semana-presente-de-deus: terça-feira em nome de Tiradentes (21) folgamos, e hoje – quinta – por Jorge, São Jorge, folgamos. Essa nossa fama de gente que trabalha pouco é coisa de patrão, e justo agora quando eu tinha mais uns três feriados pra sugerir li a notícia: é proibida a criação de mais feriados no estado do Rio de Janeiro. Tenho fé na grandeza de meus propósitos.


Rola um tipo de humor negro sim, afinal São Jorge morreu nesse dia, vocês sabiam? E o outro lá “o mártir” no dia 21. Mas a nossa tendência de continuar o carnaval mal-acabado fala mais alto. A gente até reza primeiro. Coloca flores ao redor das imagens. Por falar nisso: que imagens! Eu tento fugir daquela banalização corriqueira que diz que Jorge está montado num burrinho lá na lua. Acho até que essa versão perdeu força depois da conquista americana fincando a bandeirinha em solo lunar. Mas isso é tema pra outro texto.


São Jorge o eterno guerreiro podia nos ajudar a revogar essa tal lei do feriado. Oh poderoso guerreiro São Jorge! Olhai os pobres feito ti, e ajuda-nos a incluir teus amigos, os outros santos, na lista dos aclamados aqui no estado. Tu sabes de nossa fragilidade, não colabores com a política de privilégio que se estabelece aqui. Conto com tua ajuda. AMEM! Salve Jorge!


E nesse dia de Jorge, podemos celebrar a beleza de um aceitado encontro sincrônico de duas religiões tão ímpares. O Cristianismo e a Umbanda. A sociedade preconceituosa permite esse encontro e esse passeio pluri-religioso. Amamos o Jorge guerreiro. De fé inabalável, que consegue as graças que devotamos a ele. Que mata nossos dragões com a mesma fúria de sempre. Que não se importa com o som calmo de um violão, ou de um batuque de um tambor. Temos muito que aprender com ele...


“Eu andarei vestido e armado, com as armas de São Jorge. Para que meus inimigos tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me enxerguem e nem pensamentos eles possam ter para me fazerem mal.”

9 comentários:

  1. Ó paí ó!!! Ótima crônica, adorei o gole... bem criativo e, ainda defende o pai, digo o pão nosso de cada dia: o feriado.

    - Jorge dai sabedoria para os parlamentares e nos de mais feriados, sobretudo estes que estendem como férias!

    Afora, é excelente receber conhecimentos gerais de uma forma tão informal e atrativa!!!

    Caraca e esse negócio de burrinho na lua, parece coisa de GOLE, mas é verdade, né?! huahau

    Dizem por aí que eu sou filho do Jorge, mas na minha certidão consta outro nome... vai saber?! rs

    Um gole insípito, brilhante e forte (água benta)

    ResponderExcluir
  2. Fabrício, você não vira macumbeiro por medo talvez.rsrs
    você e Jonatam!
    Chamando o Ogum e até rezando pra ele...rs. Cadê o cético que existe em você?

    ResponderExcluir
  3. Se Jorginho mata dragões, bem que ele podia banir para longe essa tal "lei seca-de-feriado" (Gostei disso! Vou usar num outro texto...) O texto é muito etraente, sabia?! Deu ate vontade de conhecer sobre a Historia do Jorgao, Mata Dragões, rs... Nao estou banalizando o Santo, ta galera! So estou aproximando-o, tornando-o um Amigo de Gole, rs... Ate mais!

    ResponderExcluir
  4. Vai acabar sendo excomungado, mas não perde a piada, né? rs
    Até que você foi bem legal com São Jorge, caso o texto fosse meu, teria acabado com o coitado! Um guerreiro em cima de um cavalo branco empunhando uma lança e matando um dragão? Isso tá mais pra alegoria que santo... Fazer o quê? Ao menos ganhamos um feriado! rs

    Parabéns, amigo!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Como dito, união do catolicismo e a ubamda - nosso tão impar sincretismo religioso. Mas, creio eu, que se maioria da população fosse informada de que este feriado na realidade é em exaltação a Ogum, não comemorariamos mais. OS nossos amigos protestantes - alienado em sua grande parte - variam este mundo girar ao contrário até impedirem a comemoração.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Saudações Fabrício! Eu, sinceramente, já estou farta d tantos feriados! É... sinceramente mesmo! Ainda mais religioso... Mas o texto foi muito interessante (é... eu marquei interessante rs). Ah... e, ressaltando o comentário do Gleidson, acho q a cota d falar d "santo" já estourou nesse mês no blog!!!!!! hauahuahua
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Meu Deus...como vc adora brincar com certos tipos de entidades, um dia vc acaba abrindo um centro e como seus amigos te amam irão parar lá até o Xandy pra te fazer uma oração...rsrs...e seu texto está bom, essa parada de feriado está acabando com o povo trabalhador,eu mataria este que está querendo aboli-los...rs...bjinhos

    ResponderExcluir
  8. Os gole nunca envelhecem... E hj eh o dia desse.

    Abç!

    ResponderExcluir

Muito obrigado pelo seu comentário (dose)!

Related Posts with Thumbnails