English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

.: Um Gole De Ideias :. -> Dois anos no ar!

.: Alexandre Lopes :.
.: Fabrício Pacheco :.
.: Gleidson Quintella :.
.: Jonatan Bandeira :.
.: Lucas Ragazzi :.
Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 31 de março de 2009

À igreja, com carinho


Sei que sofrerei críticas após a leitura deste meu texto/protesto, então, antes de qualquer coisa, gostaria de dizer que sou católico. E como católico crítico, criticarei parte do catolicismo. Mais precisamente o Papa. Lembro-me bem, em minhas aulas de catecismo, com a querida professora Ruth, que já não se encontra mais conosco aqui na Terra, de inúmeras passagens bíblicas. Uma delas é a que descreve Jesus Cristo como um homem extremamente humilde, de hábitos simples e que não se importava com riquezas materiais.

Se ser cristão é ter uma vida baseada nos ensinamentos e na vida de Cristo e o maior exemplo de bom cristão que deveria haver seria o Papa, por que ele não me parece nem um pouco humilde? Enquanto que Jesus, o rei dos reis, usava vestes simples, recusava dinheiro e pregava a partilha, o papa, ao contrário, usa roupas feitas com 15 km de linhas de ouro e prata, como a que ele utilizou na primeira missa realizada por ele no Brasil. Qual deles se parece mais com um rei? Um homem humilde de vestes simples, ou um homem que usa vestes feitas de fios de ouro e prata? E o Papa ainda reclama que a igreja católica vem perdendo fiéis...

Se um jovem perguntar a um católico:
_Em quem eu devo me espelhar para ser um bom cristão?
A resposta deste católico seria:
_Em Sua Santidade, o Papa. O chefe da nossa igreja e o representante de Deus.
Bem, não sei se estou enganado, mas se todos os católicos se espelhassem no Papa, acho que o mundo seria qualquer coisa, menos humilde. Imagine se os mais de 1 bilhão de católicos espalhados pelo mundo, resolvessem usar roupas feitas com fios de ouro e prata? Seria um estranho exemplo de humildade, não? Aliás, não é só isso que vejo de ruim nesse Papa, mas prefiro nem comentar sobre algumas besteiras que ele profere ao abrir a boca em discursos muitas vezes desnecessários.

E a questão do ostensório? Para aqueles que não sabem o ostensório é uma peça usada em atos e cultos da Igreja Católica para expor solenemente a hóstia consagrada (o corpo de Cristo). É composto por um corpo principal, em geral feito de prata dourada ou de ouro, com um centro transparente, de cristal, onde é exposta a hóstia consagrada. Não acho que Jesus, que entrou em Jerusalém montado num burro, que jamais aceitou dinheiro, que era e é o maior exemplo de simplicidade, ficaria feliz em ser exposto a seus filhos numa redoma de ouro, prata e cristal. Não que ele não mereça, ao contrário, ele merece tudo, mas para alguém que pregou a humildade e a simplicidade, acho que a Igreja Católica desviou-se do caminho correto. Como líder, o Papa deveria ser aquele que faria o catolicismo voltar à direção correta, mas não o faz... O Vaticano vive num luxo vergonhoso e desnecessário, enquanto tanta gente morre de fome e sede no mundo.

Quando alguma desgraça acontece é sempre a mesma coisa. O Papa condena isso, o Papa condena aquilo... E quem condena o Papa? Ninguém. Ele não é passível de condenação, e quem o ousa fazer, se não é duramente criticado por meio mundo é excomungado da Igreja Católica. A palavra excomunhão tem um peso inacreditável, excomungados parecem ser assassinos, bandidos etc. É a forma que o catolicismo encontrou para lidar com os “incômodos” que a atingem. Fazer o que, né? Não deixarei de ser católico por não gostar de Bento XVI, mas também não posso ignorar minha forma de pensar. Sou um católico torto? Pode ser. E antes que eu sofra algum tipo de retaliação por parte de algum eclesiástico, dou uma sugestão:
_ A Igreja Católica precisa de uma reforma, a começar pelo Papa!

7 comentários:

  1. Nao, nao poderia comentar nada sobre este texto, devidao ao mero fato do texto ser indescritivel, digno e acima de qualquer retalhaçao. Voce manda bem, Lucas! Até sobre o que é tabu, voce manda bem...

    ResponderExcluir
  2. Ok.Você tem razão em suas colocações!Concordo com tudo o que você escreveu,mas não podemos esquecer que mundo critão não é apenas o catolicismo.O que mais assistimos são pessoas que fundam igrejas e ficam ricas com isso.Vejam o caso da "Reanascer","IRD" e tantas outras que claramente funcionam como empresas milionárias custiadas por seus fiéis.
    Infelizmente a história mostra que o 'Cristianismo' e todas as suas igrejas se contradizem a todo momento.

    ResponderExcluir
  3. lucas,tenho as minhas idéias de acordo com as suas mas, acho que esqueceu de citar que não só o papa é o errado, sim ele tem grande culpa contudo, os "católicos" também são assim, não se vestem com roupas de fios ouro mas vestem uma face de impiedade. vai aí alguns exemplos:
    * quando você entra na igreja, as pessoas olham para a sua roupa ou para o seu coração. por acaso todos eles te falam: oi?
    * e quando tem um mendigo na frente desta?quantos desta o ajudammesmo que se fosse com 0,10 centavos?
    *elas fazem fofoca, te olham e riem?
    * e quando você vai à igreja por um a caso você já percebeu que muitas das pessoas que "ajudam" o padre são gays, explicita ou implicatamente, ou então são beatas?
    quando foi que um padre ajudou uma pessoa necessitada, uma pessoa de rua?

    também não se esqueça que há uma grande diferença entre o catolicismo, cristianismo.
    um é a instituição e outro é, como vc disse, seguir a CRISTO.


    infelizmente não e só o papa que erra, é a maioria dos católicos se aproveita da prática errada dos padre e do papa para fazerem o mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Adorei a reflexão Lucas. É assim que começa (sabe do que eu estou falando? - rs)

    Qual seria o truque político de acrescentar o Bentinho(a)- com todo repeito - nesse topo do plenário eclesiástico. O que a Alemanha ganharia com isso, o que o mundo ganharia com isso. Tudo tem uma explicação política-econômica o assunto é do nosso bom Deus e seus subalternos. Lembra da maravilha que Leão XXIII fez com o famoso Lutero por ser contra as indulgências? Daquele pedacinho do céu a preços altíssimos?

    Essa é uma realidade que paira no ar e a Igreja vive numa disputa consigo mesmo. Como adaptar-se à presente época se ela tem que seguir à risca o que está escrito?

    Adorei o texto, tem muita propriedade. E essa é apenas uma de muitas coisas que REINAM contrárias no Associação internacional do pseudo-selibato e pedofilia (AIPSP).

    ResponderExcluir
  5. RESSALVA DE RODAPÉ: RS

    * ??? (algumas interrogações que comi).
    ** Tudo tem uma explicação política-econômica QUANDO** o assunto é do nosso bom Deus e seus subalternos.

    ResponderExcluir
  6. Eu que adoro esta temática não poderia deixar de comentar essa sua divina obra! Ficou muuuuito foda! Deu vontade de sair a rua fazendo protesto... ABAIXO BENTO! rsrsrs...

    Bem que eu dizia que ele tem nome de assassino! rs...

    Lucas, me orgulho de você e de todos daqui do gole!

    ResponderExcluir
  7. Lucas e suas revoltas relegiosas! rs.
    Muito bom o texto. Apoio o partido político que aqui se forma contra "Bentinho"... e a riquesa de uma igreja que prega simplicidade, mas assim não a segue.

    Adorei o seguimento textual, e concordo em número e gênero!

    Mandou muito bem como sempre!

    Um gole de vinho e antes fora água.

    ResponderExcluir

Muito obrigado pelo seu comentário (dose)!

Related Posts with Thumbnails