English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

.: Um Gole De Ideias :. -> Dois anos no ar!

.: Alexandre Lopes :.
.: Fabrício Pacheco :.
.: Gleidson Quintella :.
.: Jonatan Bandeira :.
.: Lucas Ragazzi :.
Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 8 de novembro de 2009

TERMOgole


Hoje pela manhã a música que ressoava era mero adorno, os mosquitos zunindo, as vizinhas ensandecidas, o lençol pinicando e a leve dor de cabeça também. Hoje o dia era todo calor, e o sol tomou mesmo posse no seu reinado que parecia eterno.

E já eram três horas da tarde quando os ponteiros apontavam para dez da manhã. Já nem tinha amanhecido e eu delirava com o frescor da noite que agora já a tenho e nem faço por sentir. Seria fragilidade ou alergia?

Na preguiça por desenvolver uma teoria mirabolante lamento-me em goles de ideias. Ideias estas que rareiam por aqui, quase seco nessa prosa encalorada. As palavras preguiçosas que me saltam aos dedos são nitidamente desapontadas.

Porém essas dores escritas, ou lamentadas se preferirem, são quase um protesto aos que endossam minha solidão literária, mas deveria ser ao sol que me deixa ainda mais impotente. Falo a quem possa me ler, ou me esfriar de desejos básicos.

Mas lá vem o natal, e toda a sua neve... pinheiros e bonecos gordos e brancos. Dá até vontade de rir. Queridas crianças implorem um natal desses, para que não cheguem à idade adulta e venha a lamentar o sol em textos encaixotados num blog.

Aposto que Vivald não comporia aquela beleza de verão nesse calor tropical. No máximo sairia um funk. Aqui nem vemos as quatro estações: faz calor quase sempre e frio quando o sol sai de férias... e o danado nem gosta de descansar muito! Deve ter cismado com a nossa cara.

Meus poros dilatados, o corpo sua... e pulsa intensamente e ferve e quase funde... mas nem é sexo. É só mais uma bendita tarde de calor... e pensar que isso pode nem passar... e pensar que posso me mudar... e pensar que escrevi um texto inteiro sobre o tempo, assunto preferido dos sem-assuntos... DROGA! Aqui neste bar ainda tem ideias?

3 comentários:

  1. Tempo quente,gente suada,cansada,boca seca e tédio? resultou num texto muito bom e arrastado com são esses dias!

    O calor não é poético e nunca será!
    Não me pergunte o motivo;estou suado demais e esse calor me deixa sonolento,não quero pensar muito(isso é verdade)

    rs

    PARABÉNs,escritor tropical!

    ResponderExcluir
  2. Foda! Foda! Foda! "e pensar que escrevi um texto inteiro sobre o tempo, assunto preferido dos sem-assuntos". Amigo, nesse bar ainda tem ideias! Prova disso: vou escrever um texto agora, rs... Otimo texto!

    ResponderExcluir
  3. Neste bar ainda tem ideias, sim!
    Porém, toda pausa é benvinda quando o retorno é cheio de ideias novas!
    Se bem que... esse calor me dá uma vontade de fazer nada... rs
    Bendito e maldito sol, dá-nos uma folguinha, vai?
    Precisamos escrever textos neste blog, mas com a cabeça fervendo, fica difícil!

    Adorei o protesto contra nós, Fabrício! rs
    Muito foda!!!

    ResponderExcluir

Muito obrigado pelo seu comentário (dose)!

Related Posts with Thumbnails