English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

.: Um Gole De Ideias :. -> Dois anos no ar!

.: Alexandre Lopes :.
.: Fabrício Pacheco :.
.: Gleidson Quintella :.
.: Jonatan Bandeira :.
.: Lucas Ragazzi :.
Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Mente em branco


Hoje cedo tive vontade de escrever um texto. Acordei já com esse pensamento, não sei por quê. Tomei um gole de café, comi um pedaço de pão e me senti satisfeito. Sentei, então, num canto do quarto com um caderno e uma caneta à mão. Título: Hum...
Não me vinha nenhum título bom à cabeça. Pensei nos amigos, sempre me dão força em tudo quem sabe, mesmo em pensamento, não me dariam um bom título? Pensei, pensei e pensei... E nada. Pois bem, o título fica pra depois. Faço primeiro o desenvolvimento, que é o mais importante.
A economia mundial está em constante declínio... A economia mundial?! Por acaso estou escrevendo para um caderno de economia de algum jornal? Que ideia, escrever sobre economia! Carnaval? Não, muitos escrevem sobre carnaval. O caso da brasileira supostamente agredida por neonazistas na Suíça seria uma boa... Olha eu de novo dando uma de jornalista!
Cansado de tentar e não conseguir fui dar uma volta no quintal. Ar puro sempre faz bem, haveria de me inspirar algum assunto. Ahhh, a brisa batia no rosto e me dava uma sensação de paz. Passaram-se alguns minutos e nada me vinha à cabeça. Voltei a meu quarto decidido a terminar aquele texto na marra! Sentei, olhei fixamente para o papel em branco e nada, minha mente é que estava em branco. Desisto, murmurei.
Saí de casa, encontrei os amigos, conversamos, brincamos, brindamos. Vaguei pelas ruas me sentindo incompleto, incompetente, inculto... Comprei uma garrafa de vinho e bebi metade, na esperança de conseguir fazer aquele maldito texto! Parei de beber. Não queria me tornar alcoólatra por não conseguir escrever um texto. Não preciso beber vinho. Preciso mesmo é de um gole de ideias!

5 comentários:

  1. Que esses goles sejam servidos tempo o suficiente para que embreague todos que estão à mesa!

    Brilhante texto, cara!
    (mais de um gole)

    Um abraço e boas ideias! (sem acento!rs)

    ResponderExcluir
  2. Lucas, mesmo com a "mente em branco" voce consegue expor claramente suas ideias em um texto! Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Meu querido vc é um gênio mesmo com a mente em branco consegue criar coisas incriveis...isso prova que em nossa cabeça há algo mesmo nós não querendo ou não entendendo...rsrs...cheio de coisas loucas no mundo e em nosso mundo...rsrs...bjus

    ResponderExcluir
  5. Opa!!! Se toda mente em branco render um texto desses... Que as ideias nao venham para o seu eu-lirico! hehehe

    Adorei o ler o sofrimento de quem deseja a ideia, mas que no final das contas percebeu a essência: tudo vira GOLE, não precisamos de ideia, somos a ideia.

    Um ótimo texto que finda com uma propagandinha do nosso Um Gole de Ideias.

    Já sei... Foi aquele GOLE de café que deu a ideia ao eu-lirico, no fim ele não escreveu o texto e isso foi escrito. Nosso! Muito meta! rs


    Grande abraço, parabéns!!!

    PS: comentando depois de mais de um ano. rs Isso prova que as ideias nunca morrem!

    ResponderExcluir

Muito obrigado pelo seu comentário (dose)!

Related Posts with Thumbnails